Sociedade

Natal solidário para pessoas necessitadas

Diversas instituições e centros de acolhimento de pessoas carentes na província e cidade de Maputo promoveram, semana finda, acções no âmbito das festividades do 

Natal ou Dia da Família, que se celebram esta terça-feira, através da campanha Natal Solidário.

 

Crianças, idosos e membros de comunidades circunvizinhas tiveram, deste modo, oportunidade de interagir e desfrutar de um convívio diferente nesta quadra natalícia.

O Conselho Municipal da Cidade de Maputo (CMCM), por exemplo, acolheu, quinta-feira última, no seu pátio, crianças órfãs e vulneráveis provenientes dos sete distritos municipais que compõem a cidade, para assinalar o Dia da Família que se aproxima.

O evento acolheu cerca de 300 crianças e visou proporcionar àqueles petizes um Natal condigno. Meninos e meninas tiveram a oportunidade se divertir, sabido que grande parte dos mesmos vive distante das famílias de origem.

Conforme soubemos junto de Joana Lichucha, técnica da acção social no Conselho Municipal de Maputo, houve um convite direccionado às diversas instituições de acolhimento que recomendava a presença de crianças com idade compreendida entre os seis e doze anos.

Joana Lichucha, técnica da acção social, disse ainda ao domingoque a opção por aquela faixa etária constituiu uma forma de precaução e controlo dos menores durante o evento. “Os mais novos poderiam se perder ou estar expostos a outros perigos”, explicou.

Para além do almoço conjunto, os petizes tiveram a oportunidade de brincar e interagir com uma das figuras imprescindíveis desta data especial: o Pai Natal.

 

IDOSOS TAMBÉM EM FESTA

 

A terceira idade não esteve longe da atenção do Município de Maputo. No Lar de Terceira Idade, localizado no bairro de Magoanine e pertencente à edilidade realizou ontem um almoço para 20 idosos acolhidos naquela instituição social.

Igualmente e ainda no âmbito das celebrações natalícias, o Centro de Apoio à Velhice de Lhanguene realiza na próxima terça -feira um almoço alusivo ao Natal, que contará com o apoio do Instituto Nacional da Acção Social (INAS).

De referir que na próxima sexta-feira, a Direcção da Mulher e Acção Social reunir-se-á com todas as instituições de acolhimento de pessoas carentes e vulneráveis para um almoço de confraternização em conjunto.

 

LIDE JUNTA-SE À CAMPANHA

 

A Lide Moçambique, grupo composto por diferentes empresas moçambicanas de vários ramos de actividade, juntou-se às crianças desfavorecidas do Centro de Recreação de Khongolote em Maputo, para as celebrações do Natal.

Ana Paula Figueiredo, directora executiva daquela organização, disse à nossa Reportagem que o evento visou criar nos empresários o espírito de responsabilidade social. “Temos que saber dar o que podemos às pessoas que realmente carecem de uma ajuda. Este gesto não custou muito, custou apenas a boa vontade de diferentes empresas que se juntaram a esta causa”, disse.

Para além do almoço de confraternização, a LIDE procedeu à oferta de diferentes brinquedos e produtos alimentares aos menores, donativo estimado em cerca de quatro mil dólares americanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo