Bula Bula

Visões do porta-voz da Renamo

Estas coisas de viver intensamente a Democracia costumam provocar insónias e perturbações a ilustres, sobretudo em ocasiões que se lhes colocam um 

microfone à frente.

O irrequieto porta-voz da Bancada Renamista no Parlamento, Arnaldo Chalaua, ausente contra vontade no X Congresso da Frelimo, em Pemba, não conseguiu pregar o olho por aqueles dias e há mesmo quem jura que o nosso Chalaua ainda não se recompôs totalmente.

Tal explica que em momentos de discussão da composição da Comissão Nacional de Eleições, os seus companheiros das noites estejam obrigados a levantar de tempos em tempos para espantar os visitantes indesejáveis e invisíveis do porta-voz.

O deputado, mesmo ausente em Pemba, viu o Presidente da CNE, Leopoldo da Costa, a cantar vivas à Frelimo, num período que o verdadeiro Leopoldo da Costa estava em Gaberone, no Botswana, e, ao que se diz, o Dr. Leopoldo não tem qualquer sósia e nem sequer é gémeo.

Azar para Chalaua, tudo aconteceu noite adentro e não deu tempo para o porta-voz sem siso central socorrê-lo desta visão eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo