Sociedade

Quinteto Bokani Dyer canta em Maputo…

A cidade de Maputo vai acolher nos dias 9 e 10 de Julho, dois concertos de jazz. Quinteto Suíço Bokani Dyer é a proposta para duas noites de muita música. A primeira actuação será no Teatro Avenida, dia 9 às . A segunda no dia 10 no Gil Vicente.

O pianista sul-africano, Bokani Dyer,  juntou-se a quatro suíços que tocam jazz: Matthias Spillmann, Donat Fisch, Norbert Pfammatter e Stephan Kurmann.

Esta sinergia entre o jazz contemporâneo sul-africano e suíço surgiu no The Bird's Eye Jazz Club em Basel, durante a estadia de Dyer na cidade aquando da sua residência artística em Maio de 2014. Os quatro músicos suíços já tinham laços com a África do Sul. Tinham  colaborado com astros como Abdullah Ibrahim, Feya Faku, Hilton Schilder, Mac McKenzie, Marcus Wyatt, Herbie Tsoaeli e Makaya Ntshoko, pelo que a sua colaboração com um outro jovem músico sul-africano foi muito natural. Dyer, filho do legendário músico sul-africano Steve Dyer, revela na sua música a herança das diversas influências que o moldaram, desde as suas raízes, ao contexto musical contemporâneo na África do Sul. A interpretação das suas composições por músicos suíços é uma homenagem à longa história de influência da África do Sul no jazz suíço que, ao mesmo tempo, celebra e complementa o virtuoso pianista. 

Dyer tem uma forte relação com Moçambique. Entre os artistas com quem já colaborou no passado, podemos citar Mingas, Ivan Mazuze, Moreira Chonguiça, João Cabral Armando, Ghorwane, Muzila, Orlando Venhereque e Isabel Novella. Diz Dyer: “Estamos ansiosos por actuar em Maputo. As minhas experiências passadas nesta cidade têm sido fantásticas. O público é muito caloroso e receptivo e aprecia imenso a boa música. O quinteto e eu estamos ansiosos por apresentar os concertos.”

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo