Nacional

Comandante suicida-se na Matola

O Comandante da 17.ª esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM), localizada no bairro de Jardim, na cidade de Maputo, Pedro Almeida Sabino, de 55 anos de idade, suicidou-se recorrendo à sua pistola, no domingo.

O infortúnio deu-se no bairro Machava-Socimol, na cidade da Matola, onde o malogrado, com a patente de inspector principal, residia com a esposa e filhos. Logo após a ocorrência do crime, uma brigada da Polícia de Investigação Criminal (PIC) dirigiu-se ao local para investigações.

Segundo Arnaldo Chefo, porta-voz da Polícia no Comando da cidade, ainda é prematuro avançar as causas do crime, sendo que as diferentes unidades operativas da corporação estão a trabalhar com vista ao esclarecimento do caso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo