Mulher

SAÚDE: Saiba um pouco sobre alergia a frutos do mar

A alergia alimentar é uma reacção adversa do corpo a determinados tipos de alimentos. Essa reacção é activada através do sistema imunológico, apresentando sintomas que podem surgir na pele, no sistema gastrointestinal ou no tracto respiratório.

A intensidade da alergia varia desde uma simples comichão na pele ou nos lábios a reacções graves, que podem comprometer o funcionamento de vários órgãos, levando até mesmo à morte. Qualquer alimento pode desencadear uma reacção alérgica nas pessoas, estando entre os mais comuns o leite de vaca, ovo, soja, trigo, peixes e nuts (castanha, amendoim, nozes).

Entre os alimentos que provocam reacções graves com maior frequência estão os frutos do mar. Eles têm o poder de provocar o choque anafilático, uma reacção súbita e grave que impõe socorro imediato por ser potencialmente fatal. Os frutos do mar são divididos entre os moluscos e os crustáceos. Os moluscos incluem mexilhões, polvos, lulas, ostras e lesmas do mar. Já entre os crustáceos estão o camarão, o caranguejo, a lagosta e o lagostim.

Geralmente, os sintomas aparecem em alguns minutos até duas horas após a ingestão do alimento. Entre esses sintomas estão urticárias, vómitos, diarreia, falta de ar, tosse repetitiva, sensação de garganta fechada, problemas para engolir, pulso fraco, tonturas, conjuntivite alérgica, inchaço de lábios, língua e outras partes do corpo.

Como saber?

É importante saber que nem todas os sintomas são sinais de uma alergia. Algumas condições causadas por toxinas ou parasitas em frutos do mar também podem parecer (simular) reacções alérgicas a esses alimentos. Dessa forma, o teste de alergia é a maneira mais segura e precisa de determinar se você é ou não alérgico a esses alimentos. Para realizá-lo, é preciso procurar um médico alergologista. Que solicita na pele e/ou através de exames de sangue.

Quando é diagnosticada a alergia, é importante evitar o consumo de um ou mais grupos de frutos do mar. Porém, é muito comum que ocorra a exposição acidental, quando a pessoa come fora de casa, principalmente em restaurantes que servem pratos com esses alimentos.

Às vezes, os crustáceos e moluscos fazem parte da lista de ingredientes de uma determinada receita ou alguns pratos são preparados no mesmo óleo, utensílios ou recipientes que são utilizados para cozinhar os frutos do mar. Até mesmo pizzas comerciais podem ser “contaminadas” em virtude do método de preparação. Na ocorrência de uma reacção é importante procurar atendimento médico de urgência e comunicar ao seu médico alergologista.

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo