DestaqueEm Foco

Exaltada unidade nacional e solidariedade entre povos

Combatentes da luta de libertação nacional, académicos e escritores estiveram reunidos semana finda em Maputo, num simpósio por ocasião dos 60 anos da fundação da FRELIMO. A tónica das intervenções foi a necessidade da preservação da unidade nacional e solidariedade entre os moçambicanos, por um lado, e com os povos do mundo, por outro.

Subordinado ao tema “Unidade Nacional e Solidariedade Africana”, o simpósio foi aberto pelo Presidente da Frelimo, Filipe Nyusi. Também contou com a presença do secretário-geral do partido, Roque Silva, além de outros membros e simpatizantes do partido no poder.

O primeiro painel versou sobre o tema “Unidade Nacional: Experiências Partilhadas e Desafios Contemporâneos”, sob moderação de José Magode, reitor da Universidade Joaquim Chissano e teve como oradores: Lopes Tembe, antigo membro da UDENAMO e fundador da FRELIMO, Paulina Chiziane, escritora, e o académico Lourenço do Rosário.

Lopes Tembe apelou à juventude para assegurar a continuidade do trabalho iniciado pela geração de 25 de Setembro, que abdicou da sua juventude para lutar pela libertação dos moçambicanos. Leia mais…

Texto de Maria de lurdes Cossa
malu.cossa@snoticicas.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo