Editorial

Compromisso com a paz

O Presidente da República, Filipe Nyusi, prestou quinta-feira no Parlamento o seu informe sobre a situação geral da nação.

Trata-se, a nosso ver, de uma comunicação que vinca acima de tudo a necessidade de busca e preservação da paz, vista como pressuposto vital para o desenvolvimento.

Mesmo com dificuldades de vária índole, Moçambique teve este ano um registo de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 1.78%, um desempenho de menos 1,8% em 2020, o que sugere o início da retoma económica (ler reportagem nas páginas 2,3,4 e 5 desta edição).

Antes da pandemia da Covid-19, 2021 era visto como ano de inflexão da curva do ritmo de crescimento e início de um novo ciclo de prosperidade em Moçambique.

“Contudo, e com as devidas cautelas, podemos projectar para 2022, um crescimento entre 2,6% e 5,3%, no pressuposto de conseguirmos sustentar a estabilidade conquistada no segundo semestre de 2021. Se assim for, poderemos esperar um crescimento acima de 7% a partir de 2023”, estávamos a citar o Presidente Nyusi.  Leia mais…

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo