DestaqueEconomia

PARA FINS DOMÉSTICOS E VEICULARES: Em curso massificação do uso de gás natural

O Ministério dos Recursos Minerais e Energia (MIREME) pretende implementar, a partir deste ano, um projecto-piloto de estabelecimento de postos de abastecimento de gás veicular nas bombas da Petromoc e de outros parceiros interessados desde que se localizem ao longo da Estrada Nacional Número 1 (EN1).

Numa primeira fase, os postos deverão ser instalados na vila da Manhiça, província de Maputo, cidades de Xai-Xai, em Gaza, Maxixe, e nas vilas municipais de Massinga e Vilankulo, na província de Inhambane; em fases posteriores, o projecto será estendido para todo o país.

Segundo Moisés Paulino, director nacional de Hidrocarbonetos e Combustíveis, o desafio é aperfeiçoar a tecnologia para que os cilindros de gás que vão ser instalados nas viaturas não ocupem toda a bagageira. “Estamos em negociações com a Coreia do Sul que tem cilindros de menor dimensão que passam despercebidos, mas com grande capacidade, capazes de gerar uma autonomia superior a 200 quilómetros”, disse.

Na mesma perspectiva, Moisés Paulino disse que está a ser lançado um concurso público para a utilização de um fundo disponibilizado pela Sasol para a criação de centros de conversão de viaturas movidas a gasolina e diesel para passarem a usar gás natural.

Conforme as suas palavras, o Governo deverá oferecer incentivos aos automobilistas para que adiram ao processo de conversão, sendo que tais centros deverão ser instalados em todos os locais onde houver postos de abastecimento de gás veicular. Leia mais…

Texto de Eduardo Changule

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo