Sociedade

Mercado Santos vai à requalificação

Texto de Abibo Selemane

O Mercado Santos, situado na Estrada Velha, cidade da Matola, vai beneficiar, a partir deste mês de Maio, de obras de reabilitação. A medida enquadra-se num programa da edilidade visando a melhoria de condições nos diferentes centros comerciais.

A intervenção naquele mercado, um dos maiores da Matola, consistirá na construção de sanitários públicos, gabinete de administração, parque de estacionamento de viaturas para os utentes e novas bancas para a comercialização de produtos frescos.

Serão ainda abertos novos sectores como restauração, mercearias, supermercado, ferragens, talho e peixaria, venda de animais vivos, roupa usada, carvão, entre outros.

Para permitir a circulação de viaturas dos utentes está projectada a abertura de ruas em volta daquele centro comercial. De forma a garantir e flexibilização das actividades no mercado, será reservado um local onde poderão decorrer os trabalhos de carregamento e descargas de mercadorias.

Enquanto decorrem as obras, os vendedores daquele mercado estarão a desenvolver as suas actividades no parque de estacionamento pertencente a Empresa Municipal de Transporte Público local. O mesmo espaço já tinha sido cogitado para acolher definitivamente o mesmo mercado, o que não foi concretizado.

Para permitir a efectivação das obras, a edilidade manteve encontro com vendedores e famílias que residem no interior do mercado, assim como os respectivos vizinhos.

Um dos assuntos abordados no encontro, para além da mudança temporária do mercado, foi o aconselhamento das famílias a procurarem outros locais, uma vez que a nova infra-estrutura não deixará reservas para habitações.

Ainda não há número exacto das famílias que viviam naquele local e que foram abrangidas pelo projecto, apenas sabe-se que todos foram devidamente comunicados sobre o projecto em curso.

A nossa equipa de Reportagem questionou o porta-voz do município da Matola, Bernardo Dramus, sobre eventuais compensações aos visados. A resposta foi de que ninguém será compensado, visto que os mesmos invadiram o recinto do mercado. 

O nosso interlocutor disse que o projecto de requalificação dos mercados vai estender-se para outros daquele município de forma a permitir que as pessoas possam vender e comprar produtos em lugares apropriados, que ofereçam condições de segurança e higiene.

“As obras do Mercado Santos iniciam ainda este mês. Vamos fazer dois trabalhos em paralelo, nomeadamente a delimitação do espaço do mercado e a movimentação das pessoas”,disse Dramus.

De referir que os vendedores do Mercado Santos desenvolvem as suas actividades em situações precárias, sobretudo na época chuvosa, visto que as bancas não têm cobertura e a água não tem por onde escorrer.

Abibo Selemane

habsulei@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo