DestaqueReportagem

Mercado imobiliário reergue-se da crise

O mercado imobiliário está a dar a volta por cima depois de, nos últimos anos, ter registado uma redução da procura devido às crises que o país tem estado a enfrentar tanto de ordem sanitária, devido à pandemia da covid-19, como de carácter financeiro.

Agentes imobiliários ouvidos pelo domingo garantem que desde Janeiro deste ano têm assistido a um aumento da procura tanto de casas para arrendar, como para a compra em vários locais das cidades de Maputo e Matola, que são as áreas urbanas com maior dinamismo em termos de negócios imobiliários.

Referiram que, nalguns casos, os preços voltaram a ser fixados em dólares, como acontecia antes da crise e que os proprietários dos imóveis, nos casos de arrendamentos, começam a optar por inquilinos estrangeiros porque entendem que estes cuidam melhor dos imóveis e também por nacionais cujas famílias são pequenas.

Numa pesquisa feita pelo jornal constatou-se que no mercado estão disponíveis imóveis à venda a preços que chegam a 60 milhões de meticais, isso dependendo da localização e dos detalhes dos acabamentos.

No mesmo diapasão, os preços das casas em arrendamento variam de 38 a 185 mil meticais, sobretudo no centro da cidade de Maputo. A nível dos bairros, é possível encontrar um pouco de tudo e para todos os bolsos. Leia mais…

Texto de Angelina Mahumane
angelina.mahumane@snoticicas.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo