DestaqueReportagem

Carta para ouvir Boustany expedida para o Líbano

O Ministério Público já expediu, através de canais diplomáticos, uma carta rogatória para as autoridades libaneses com vista à audição de Jean Boustany, um dos gestores da Privinvest tido como bem informado sobre todo o processo que culminou com a emissão das garantias soberanas para as empresas ProIndicus, EMATUM e Mam.

Antes do início da sessão da terça-feira, o juiz confirmou que o expediente sobre esta matéria está em tramitação e que está tudo a ser feito para que este declarante seja ouvido por vídeo-conferência a partir de uma instância judiciária libanesa e não a partir da sua casa como o declarante havia proposto ao tribunal. Leia mais…

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo