Nacional

Requalificação de “Xipamanine” avaliada em 90 milhões

O Conselho Municipal de Maputo vai precisar de 90 milhões de dólares para requalificação do Mercado Xipamanine. Para o efeito, foi elaborado o Plano Parcial de Urbanização do Xipamanine, que foi apresentado ao público ontem, em Maputo.

O plano foi desenhado pelo Centro de Estudos e Desenvolvimento do Habitat, da Universidade Eduardo Mondlane (UEM).

O início da requalificação do mercado do Xipamanine, incluindo a área adjacente do bairro com o mesmo nome, está agendado para o corrente ano. O projecto de requalificação contempla duas fases de cinco anos.
Com cerca de oito mil vendedores, entre formais e informais, o mercado do Xipamanine é actualmente um dos mais concorridos da Cidade de Maputo.
Só a urbanização básica do bairro está orçada em cinco milhões de dólares, e a urbanização completa, incluindo reassentamento de algumas famílias, vai custar 26.2 milhões de dólares e vai decorrer até finais de 2019.
Quanto ao mercado provisório, o custo para a sua construção ultrapassa 1.2 milhões de dólares, prevendo-se que sejam necessários seis meses para a sua conclusão.

No que concerne ao novo mercado do Xipamanine, o seu custo está calculado em 42,5 milhões de dólares e a construção terá a duração de dois anos. O projecto inclui um silo auto, com quatro pisos, orçado em 14,4 milhões de dólares, cuja construção vai durar um ano.


 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo