Nacional

Primeiro-ministro apela para a preservação paz

O Primeiro-ministro de Moçambique, Carlos Agostinho do Rosário, apelou, ontem, no bairro de Intaka, na província de Maputo, aos moçambicanos  para preservarem a paz no país para que a população continue a viver sem medo de guerra.

Segundo Carlos Agostinho do Rosário, Moçambique tem de continuar a viver em paz para alcançar o desenvolvimento desejado. “Não queremos guerra. Há muito trabalho a fazer e para tal é preciso que os moçambicanos continuem unidos. Não queremos que alguém peça um passaporte para viajar para as zonas centro e norte do país”, disse.

Acrescentou que o povo precisa de um país uno e indivisível. “Todos temos que trabalhar para que a paz de facto seja uma realidade”.

Texto de Idnórcio Muchanga

aly.muchanga@gmail.com

Editado por Custódio Mugabe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo