Nacional

Moçambique conta com fábrica de montagem de viaturas

O Presidente da República, Armando Guebuza, inaugurou hoje, quinta-feira, no Município da Matola, a fábrica “Somyoung Motors” destinada a montagem de viaturas da marca Hyundai.

Foram investidos cerca de 5.450 mil dólares (joint venture entre investidores privados moçambicanos e sul coreanos), para a construção do respectivo edifício, aquisição de equipamento de montagem entre outras infra-estruturas.

a Somyoung Motors tem o seu capital social detido pela Somotor, o sócio maioritário, e a YoungSom da Coreia do Sul. A unidade empresarial em referência é detentora de uma capacidade máxima instalada para a montagem de 4.500 viaturas por ano e que, nesta fase de arranque, vai produzir cinco viaturas por dia. É pretensão desta fábrica alcançar a meta de 1.200 unidades anuais, em 2015, e 2.500 em 2016.

As viaturas da Somyoung Motors serão comercializadas a preço unitário de 356.500 meticais (cerca de 12 mil dólares americanos), uma redução de 30 por cento, tendo em conta que uma viatura importada custa cerca de 497 mil meticais e ao preço de 713 mil meticais por unidade, contra o preço de 1.007 mil meticais de importação.

O Presidente da República, que falava durante o evento, destacou que o país é porta de entrada ao mercado da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) cujo número de consumidores está a aumentar graças à integração regional.

A Política Estratégica da Indústria em Moçambique é baseada no princípio estatal de promoção da melhoria, cada vez mais, do ambiente de negócios e de infra – estruturas para a redução dos custos com o sector privado a identificar as oportunidades, as barreiras e a participar na sua remoção”, disse  Armando Guebuza.

O estadista moçambicano destacou que dados de 2004 apontam para a existência, no país, de 185 mil veículos. Só em 2013 foram registadas 21 mil unidades. Presentemente, existem cerca de 542 mil unidades e um registo anual de 62 mil viaturas.

A média mensal das viaturas registadas subiu de mais de 1.700 viaturas para mais de cinco mil, em 2013. A maior parte das 45 marcas de viaturas existentes em Moçambique 95 por cento são de origem asiática”, disse o Presidente da República.

Idnórcio Muchanga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo