DestaqueNacional

Descarrilamento interrompe linha Nampula-Cuamba

A circulação de comboio de passageiros e de mercadoria, na linha Nampula-Cuamba, encontra-se interrompida, desde sexta-feira, devido ao descarrilamento de uma composição de vagões na zona de Murissa, no distrito de Cuamba, província do Niassa.

Ainda são escassos os dados sobre o sinistro, mas informação por confirmar dá conta da morte de duas pessoas e sete feridos, dois dos quais em estado grave.

A Nacala Logistics, gestora da ferrovia, diz, em comunicado enviado ao domingo, que, em coordenação com as autoridades competentes, accionou de imediato medidas de apoio às vítimas e enviou equipas de emergência para a região.

“A Nacala Logistics está a acompanhar de perto a situação e trará mais informações tão logo haja o apuramento das causas e impactos. Até que as condições de segurança estejam garantidas, a circulação de comboios de passageiros e de carga no troço em questão fica interdita”, lê-se no comunicado.

A interdição visa permitir a realização de trabalhos de levantamento de dados sobre os danos, as prováveis causas do acidente, identificação de prováveis vítimas e as necessidades para a reposição da linha, que por sinal é uma das vias de escoamento do carvão da Vale, em Moatize, província de Tete, até ao porto de Nacala-a-velha.

Nas imagens que circulam dá para perceber o nível dos danos não só nos vagões como também na ferrovia.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo