Internacional

Cuidado com o que dizes, pode ser usado contra uma nação…

O recente incidente envolvendo o Líbano e os países do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) mostra que, na relação entre os “irmãos” árabes, é preciso ter cuidado com o que se diz em público, especialmente se se pretender tomar alguma posição de relevo na administração pública. O Líbano está a pagar caro por comentários feitos, mais de um mês antes de ser nomeado, pelo actual ministro da informação, George Kordahi. A Arábia Saudita e o Bahrein expulsaram os embaixadores libaneses e cortaram relações com Beirute por causa das críticas, do agora ministro, em relação à guerra patrocinada pela coligação liderada pelo reino saudita no Iémen. É caso para dizer “cuidado com o que se diz em público, pode custar caro a toda uma população de uma nação”.

O Líbano tem vindo a enfrentar sucessivas crises políticas e económicas, e parece que a situação vai se agravar com as rixas que o país “comprou” com os “irmãos” árabes do CCG. Na semana passada, a Arábia Saudita baniu todas as importações provenientes do Líbano, proibiu os seus cidadãos de viajar para aquele país, convocou o seu embaixador e deu um prazo de 48 horas ao embaixador libanês para abandonar o reino. Algumas horas depois, o Bahrein convocou o seu embaixador em Beirute e expulsou o embaixador libanês, que também recebeu um ultimato para abandonar o reino em dois dias. Os Emirados Árabes Unidos e o Kuwait também convocaram os seus embaixadores no Líbano para consultas relativas ao incidente que envolve o ministro libanês da informação. As decisões fazem parte de um esforço concertado dos países- -membros do CCG contra a “ignorância de factos e contínuo fracasso em tomar medidas correctivas” por parte das autoridades de Beirute. Após anos de bloqueio contra o Qatar, os principados do Golfo, no Médio Oriente, viraram os “canos das suas armas” contra o Líbano, e a fonte das desinteligências continua a ser a mesma: o Irão. Leia mais…

Por Edson Muirazeque *
edson.muirazeque@gmail.com

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo