Desporto

Siholhe conquista Meia Maratona da Matola

Flávio Siholhe foi o grande vencedor da XIV Meia Maratona Internacional da Matola, realizada na manhã de ontem nas artérias daquela urbe por ocasião da celebração do 52° aniversário da União Africana (UA).

O atleta moçambicano radicado na vizinha África do Sul teve a forte concorrência do sul-africano Abrico Machapa, que se fixou na segunda posição no epílogo duma corrida muito concorrida na categoria de seniores masculinos. Domingos Gudana terminou na terceira posição.

Aos três primeiros classificados, o Conselho Municipal da Matola, organizador da prova, atribuiu prémios monetários de 50, 30 e 15 mil meticais, respectivamente.

Em femininos, a sul-africana Nontoidoza Nkozi cortou a meta em primeiro, seguida de Naria Zunguze, do Matchedje de Maputo, que relegou a também sul-africana Noria Sipanda para o terceiro lugar.

No final da prova, Naria Zunguze disse ao nosso jornal que se preparou à altura, cumprindo treinos bi-diários, admitindo que “se a prova tivesse mais um quilómetro podia cortar a meta em primeiro”. As atletas receberam igualmente prémios de 50, 30 e 15 mil meticais, conforme os lugares ocupados.

Em veteranos masculinos, os primeiros três classificados foram respectivamente Luck Bpembe, Mxolisi Dludlu e Arlindo Mafueca, sendo os dois primeiros sul-africanos e o terceiro moçambicano.

No género feminino, também em veteranos, Florência Lumbela cumpriu os 21 quilómetros em primeiro, seguida de Percília Dlhamine e Vitória Joaquim. Em ambos sexos, os três primeiros classificados desta categoria receberam prémios de 15, 10 e cinco mil meticais, respectivamente.

Já na categoria de juniores masculinos, evidenciou-se o poderio dos atletas sul-africanos Mduduzi Hlatshanyu e Thabo Mashaba, nas duas primeiras posições, relegando o moçambicano Constantino Fondo para a terceira posição.

Em femininos Zeferina Marinho foi a primeira classificada, seguida de Thabisile Khumalo e Olga Sofia. Nesta categoria, os prémios foram de 30, 20 e 10 mil meticais.

No escalão de Master, apenas em masculinos, os três primeiros classificados foram Carlitos Francisco, Sousa Manuel e Avelino Abílio, aos quais coube prémios de dez, cinco e três mil meticais, respectivamente.

Notar que antes do início da prova, foi cumprido um minuto de silêncio em memória de Santos Vicente, antigo atleta e presidente da Associação de Atletismo da Cidade da Matola falecido este ano.

O Vereador de Educação, Cultura, Juventude e Desporto no Município da Matola, Francisco Manso, disse no final da corrida que o objectivo de reunir nações naquela prova foi alcançado, tendo enaltecido a forte concorrência assistida, sobretudo nas categorias de seniores e juniores, em ambos sexos.

“O Conselho Municipal vai continuar a promover eventos deste género, visto que permitem aos nossos talentos exporem suas capacidades. Este ano, para além do atletismo, nestas festividades da Semana Africana envolvemos o futebol e outras artes, como artesanato, dança, moda e gastronomia”, sublinhou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo