Desporto

Goleada que envergonha quarto lugar do ranking FIFA

Pior era impossível. Correu tudo mal. Um enorme pesadelo. Goleada sofrida na estreia, duas lesões (a de Coentrão parece grave), uma expulsão e uma imagem deixada que envergonha uma selecção que ocupa o quarto lugar do ‘ranking’ FIFA.

O jogo até estava dividido e a melhor oportunidade era da selecção portuguesa, quando Hugo Almeida permitiu a defesa de Neuer. Tudo mudou aos 12 minutos, quando Gotze sofreu falta de João Pereira dentro da área. ‘Penalty’ duvidoso, convertido por Muller sem problemas. 0-1. O Mundial começava mal.
Portugal acusou um pouco o golo e nunca conseguiu reagir. Ronaldo esteve demasiado preso ao flanco esquerdo, raramente conseguiu carregar a equipa. O meio-campo não existia, João Moutinho e Raul Meireles foram presas fáceis para Khedira, Lahm e Kroos e, na defesa, o panorama não melhorava. Já depois de Hugo Almeida sair com uma lesão muscular, Hummels saltou mais alto do que Pepe. 0-2.
Pouco depois, o central luso-brasileiro perdeu a cabeça. Com ou sem razão, com erro ou não do árbitro, encostou primeiro o braço à face de Muller. Depois a cabeça. Acabou expulso. O colega de sector, Bruno Alves, também não estava melhor. Erro individual e bola no pé esquerdo de Muller. 0-3.
Paulo Bento começou a segunda parte com Ricardo Costa a central, mas nada de viu de Portugal no reatamento. O jogo foi completamente dominado pelos germânicos, muito mais frescos fisicamente do que a equipa das quinas. Ozil e Gotze por pouco não consumaram a goleada.
Quando Postiga se preparava para entrar, novo revés. Lesão de Fábio Coentrão. Senta Postiga, entra André Almeida. O jogador do Benfica ficou mal no lance do quarto golo, ao deixar escapar Schurrle. Pior esteve Rui Patrício, ao largar uma bola na pequena área. Muller, 0-4.
O Mundial não está perdido para Portugal. Falta jogar com Estados Unidos e Gana, mas está tudo muito difícil. Para a história fica o resultado. Nunca Portugal tinha sofrido quatro golos numa fase final de um Mundial. Aconteceu em Salvador. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo