DestaqueSociedade

RELAÇÃO HOMEM-CÃO: Entre amores e temores

De um modo geral, faz bem ao coração dos humanos. No entanto, numa tremenda desventura, o contacto entre Homem e cão é susceptível de causar dor e luto.

Apenas para se ter uma ideia, nos últimos cinco anos, em Moçambique, de acordo com dados avançados pelo Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural, perderam a vida vítimas de raiva cerca de 203 pessoas, das quais 23 em 2021, e mais de 100 mil sofreram mordeduras por cães. E só no primeiro semestre de 2022, 1054 pessoas foram agredidas por cães e 18 morreram vítimas de raiva.

Fazem parte dessas estatísticas pessoas como Anselmo, um adolescente que contou a sua história ao domingo. Foi atacado, há poucos anos, à entrada da sua casa, no bairro de Khongolote, município da Matola, quando voltava da padaria. Leia mais…

TEXTO DE CAROL BANZE

carol.banze@snoticicas.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo