Sociedade

Professores dão aulas de nutrição

Cerca de 180 professores de três distritos da província de Manica, centro de Moçambique, vão dar aulas sobre educação nutricional, num projeto-piloto da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) para acelerar a resposta à subnutrição crónica no país.

Pedro Camacho, da direção provincial de Educação de Manica, adiantou que rofessores de 41 escolas dos distritos de Manica, Gondola e Sussundenga deverão transmitir conhecimentos relevantes sobre nutrição a alunos da primeira à quinta classe, baseados no manual «Vamos Comer alimentos Nutritivos», desenvolvido pela FAO.
As Nações Unidas prevêem que Moçambique poderá falhar a meta dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) de eliminar a subnutrição crónica,apesar de ter reduzido a percentagem de 50% (em 1996) para 35% (em 2015)..
Segundo a FAO, nos últimos anos o aumento significativo de produção e a disponibilidade de alimentos não conduziram, necessariamente, à melhoria do estado nutricional dos agregados familiares, em particular os grupos mais vulneráveis ( idosos, mulheres e crianças).

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo