DestaqueSociedade

Novos hábitos na eclosão de cancros

Maus hábitos também propiciam a eclosão de novos tipos de cancros

Má alimentação, sedentarismo e tabagismo são apontados pela directora do Programa Nacional do Cancro, Cesaltina Lorenzone, como os factores que contribuíram para a transição dos tipos de cancro no país nos últimos anos, o que influenciou no aumento de casos do cancro da mama, do cólon retal e da próstata, tidos como raros em tempos passados na realidade moçambicana.

Segundo Lorenzone, durante muito tempo, o sector da Saúde centrou-se no combate à malária, diarreias, tuberculose, HIV, entre outras doenças infecciosas, daí que a insuficiência de recursos humanos especializados, a capacidade de diagnóstico, entre outros factores têm desafiado a capacidade de resposta do sector. No entanto, há motivos para celebrar. Apesar de o cancro ser considerado actualmente um problema de saúde pública, os avanços registados com a criação de um Programa Nacional de Controlo do Cancro, associado ao facto de o país ter-se destaca do a nível regional pelas pesquisas desenvolvidas na área, mostram o esforço que Moçambique tem feito para responder à demanda hospitalar neste sector.

As doenças cancerígenas são consideradas actualmente como um problema de saúde pública. Que leitura podemos fazer da situação do cancro no nosso país nos últimos tempos?

Ultimamente tempos assistimos a uma transição epidemiológica no país manifestada pela eclosão de doenças não transmissíveis. Isto trouxe também o surgimento de novos tipos de cancro, também frutos da adopção de novos hábitos e estilos de vida. Antes tínhamos poucos casos de cancro e destes a maioria estava associada a agentes infecciosos como o cólon do útero e fígado, bexiga, frequentes em países de baixa renda, devido à situação económica. Estudos feitos entre 2015 e 2020 também publicados em livros evidenciaram o aumento dos cancros frutos de doenças não infecciosas.

Como por exemplo… Leia mais…

Teexto de Luísa Jorge
luisa.jorge@snoticicas.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo