DestaqueSociedade

MUTHIYANA DE FIBRA: Quero abrir uma boutique

Nome: Jurema Muianga

Residência: Bairro Intaka, província de Maputo

Idade: 21 anos

Naturalidade: Maputo

Profissão: empreendedora e estudante

Conquistas: A mulher de fibra desta semana conta ao domingo que a sua infância foi risonha. Desenrolou-se no bairro de Jardim, cidade de Maputo, local onde nasceu e cresceu na companhia da família.

Fez todo o ensino primário na Escola Primária Completa do Jardim. Seguidamente, frequentou a oitava, nona e décima classes na Escola Secundária Unidade-2. Posto isto, mudou-se para a Secundária Josina Machel para frequentar o ensino pré-universitário (11.ª e 12.ª classes).

Terminada a 12.ª classe, em 2019, no ano seguinte, “aventurou-se” pelo ensino universitário para cursar Gestão Financeira e Bancária. Só que “foi no ano em que a covid-19 eclodiu, por isso tive de interromper as aulas”.

Segundo conta, não viu com “bons olhos” a ideia de ter de estudar em formato “online”, por falta de um telemóvel com acesso à internet. “Então, ‘tranquei’ a vaga”. Entretanto, não baixou os braços. Teve muito tempo para reflectir e esboçar planos. Foi por isso que “decidi entrar no negócio de venda de roupa feminina. Comecei com 500 Meticais”.

Quando iniciou, era tudo de forma experimental. Vendia roupa da “calamidade”. Mas a coisa foi dando certo que a “muthiyana” de fibra sonhou em expandir a actividade. “Hoje vendo roupa importada da África do Sul”. Lembra que os pais foram o seu alicerce nessa jornada devido ao apoio e incentivo dados.

Actualmente, trabalha como secretária-executiva numa empresa que presta serviços de “multimedia”. “Cuido da gerência financeira da instituição”, refere.

No início deste ano, regressou à faculdade. Desta vez, porém, para cursar Gestão Empresarial. Jurema sente-se orgulhosa pela experiência ganha durante a jornada porque “comecei bem pequeno e hoje, com muito empenho, consegui evoluir”. Para além de roupas vende cosméticos.

Sonho: “Desde que entrei no mundo das vendas o meu sonho é abrir uma boutique”, revela.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo