DestaqueSociedade

Memorando reforça combate à covid nas escolas de Maputo

A Direcção Provincial da Educação (DPE) de Maputo assinou recentemente com a Associação Xiyandla Xa Tiku, um memorando de  entendimento para reforçar a segurança dos alunos e das escolas face covid-19 e outros vírus.

O acordo visa o apadrinhamento da associação ao sector da Educação para encontrar formas de tornar as escolas mais seguras e livres doenças.

Na fase piloto serão beneficiadas 16 escolas nos distritos da Matola, Boane, Marracuene. Posteriormente o projecto será replicado de forma  global na província, abarcando  528 escolas.

Assinaram  o memorando Deolinda Alfredo Chaúque Cossa, directora provincial e Vitorino Edmundo Landa, director executivo da Associção Xiyandla Xa Tiko).

“O memorando de entendimento reflete o compromisso com o Governo da província de Maputo face ao desafio da prevenção da covid19. O mesmo leva à sociedade o projecto Escola Segura, Aluno Seguro- ESAS – uma proposta de prevenção nas escolas por meio de um produto inovador, Microfog, endossado pela Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde e  INOQ.  As escolas e alunos seguros, hoje, são a garantia do profissional de amanhã”, afirma Vitorino Edmundo Landa.

Por seu turno a dirctora provincial de Educação,  Deolinda Alfredo Chaúque Cossa disse que “esta parceria vem reforçar a capacidade que a Direcção Provincial da Educação já criou, sobretudo nos recursos humanos. O apoio material enche-nos de alegria na esperança de eliminar qualquer foco da covid nas escolas. O que esperamos é que das 16 escolas que irão se beneficiar, possamos expandir para mais 500”.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo