DestaqueSociedade

DICAS DA VOVÓ: Não adianta pedir a Deus bom lar se a cabeça não regula

– Vovó Glória Salvador, residente em Maputo, em conversa com o jornal domingo

Há quem se guia pela ideia segundo a qual não se deve colocar limite nos sonhos. A isto acrescenta-se a importância de ter fé, de acreditar que tudo é possível.

Falando especificamente dos que entregam literalmente tudo na mão de Deus, baseados no princípio de que ele atenderá, encontramos uma chamada de atenção vinda da vovó Glória Salvador, residente em Maputo, que em conversa com o jornal domingo afirma que as coisas não funcionam tão linearmente assim.

Ela entende que Deus precisa de ser ajudado, ou seja, não nos enganemos pensando que colocar as preocupações nas rezas é sinal de sucesso absoluto. Vovó Glória fala especificamente de quem pede a Deus que dê um lar às mil maravilhas. Afirma que “não adianta pedir a Deus um bom marido ou mulher quando a tua cabeça atiteke (não regula bem, como sói dizer-se)”. Preocupada com estes casos, defende que “pau que nasce torto morre torto”, sendo que este é visto como o principal factor para o insucesso na vida conjugal. Acrescenta entretanto que “é difícil conseguir um milagre, em casos de pessoas com um comportamento inadequado”. É por este motivo que remata: “mesmo dobrando o joelho, o mau comportamento vai fazer com que não consiga alcançar os objectivos”. (FIM)

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo