DestaqueSociedade

DIC não reconhece BI usado pelo burlador detido

A Direcção Nacional de Identificação Civil (DIC) afirma não reconhecer o Bilhete de Identidade (BI) usado pelo cidadão detido ontem, na cidade da Matola, província de Maputo, indiciado de fraude bancária.

O porta-voz da DIC, Alberto Sumbana, negou esta tarde que o suposto documento usado pelo indiciado tenha sido emitido por esta instituição.

“Comparando as características do BI na posse do indiciado de burla, constatamos que os primeiros nomes que constam no documento em alusão são da vítima. A filiação, local de nascimento e residência do indivíduo detido difere da informação que consta na base de dados em nossa posse” disse.

De referir que o indiciado terá levantado 250 mil Meticais com base num BI falso, sendo 200 mil no banco ABC e 50 mil por via de Mpesa, como se do dono da conta se tratasse.

Entretanto, o suposto burlador acabou detido quando tentava levantar 3.500.000,00 MT, o que suscitou desconfiança da gerente do banco que conhece pessoalmente o cliente.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo