DestaquePolítica

XII CONGRESSO: Chefias das brigadas centrais da Frelimo no terreno

Terminou ontem a oficialização das brigadas provinciais e distritais da Frelimo rumo ao XII Congresso, marcado para 23 a 28 de Setembro do ano de 2022, na Escola Central do partido, na Matola, província de Maputo.

A informação foi tornada pública por Caifadine Manasse, secretário do Comité Central para a Comunicação e Imagem.

Com efeito, as chefias das brigadas centrais estiveram nas províncias onde reuniram com militantes, membros e simpatizantes do partido Frelimo em cumprimento da decisão emanada em sede da IV Sessão Ordinária do Comité Central.

Aliás, há dias, a Comissão Política deliberou em “despachar” as chefias das brigadas às províncias para orientar os processos de oficialização dos gabinetes de preparação do XII Congresso.

Segundo Caifadine Manasse, as brigadas auscultaram as bases em torno do funcionamento dos órgãos e avaliaram o grau do cumprimento das medidas emanadas pelo Governo para a contenção da propagação da pandemia da covid-19.

Manasse explicou que a Comissão Política irá se pronunciar brevemente sobre a directiva para as eleições internas dos delegados ao congresso, bem como do respectivo código de conduta, entre outros aspectos.

São as seguintes as chefias das brigadas: cidade de Maputo, Verónica Macamo, coadjuvada por Shakil Aboubacar; Maputo-província, Margarida Talapa, que tem como adjunta Mariazinha Niquisse; Gaza, Tomaz Salomão, auxiliado por Francisco Mucanheia; Inhambane, Filipe Paunde e Leonor Neves; Manica, Aires Ali, que tem como adjunta Nyelety Mondlane.

A província de Sofala tem como chefe Manuel Tomé e adjunto Esperança Bias; Tete, Conceita Sortane, sendo adjunto Raimundo Diomba; Zambézia, Eduardo Mulémbwè, auxiliado por Ana Rita Sithole; Nampula, Eneas Comiche, que tem como adjunto Carlos Agostinho do Rosário; Niassa, Sérgio Pantie, tendo como adjunto Basílio Monteiro, e Cabo Delgado Alcinda Abreu, que tem como adjunto Caifadine Manasse.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo