Política

Tornar a CNE um órgão didáctico

Giles Cistac, Professor Catedrático na Faculdade de Direito na Universidade Eduardo Mondlane, afirmou que a sua candidatura tem em vista tornar a CNE um órgão não só deliberativo, “mas 

também didáctico de modo a fazer com que os partidos políticos se familiarizem com as leis antes de partir para os escrutínios, pois, só com o domínio das normas é que os concorrentes e os próprios cidadãos eleitores poderão se interessar cada vez mais pelas eleições.

Acrescentou que na eventualidade de durante o decurso dos trabalhos haver uma decisão à qual não esteja de acordo, ele próprio, como membro da CNE, poderá tomar a liberdade de pedir a verificação da constitucionalidade da mesma junto ao Conselho Constitucional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo