DestaquePolítica

Presidente reitera pertinência da modernização das FDS

O Presidente da República e Comandante-Chefe das Forças de Defesa e Segurança (FDS), Filipe Nyusi recomendou aos quadros do Ministério da Defesa Nacional (MDN) a discutirem e deliberar com clarividência e realismo sobre os passos concretos tendo em vista a gradual modernização e profissionalização do sector no actual contexto da evolução tecnológica.

Filipe Nyusi que falava esta manhã em Maputo na abertura do XXII Conselho Coordenador do MDN afirmou que o encontro a decorrer até sábado deve servir de alicerce para projectar as futuras ameaças assim como o levantamento de capacidades necessárias para lhes fazer face.

O Presidente da República afirmou igualmente ser importante a verificação do enquadramento da doutrina em função do processo de reestruturação que se pretende que não seja descontinuada.

 “Não fiquem com saladas de doutrinas. Tracemos aquilo que é nosso. Não precisamos imitar, podemos nos inspirar e nacionalizar”, disse o Chefe do Estado.

Para o efeito, prosseguiu, é imperioso as Forças Armadas da Defesa de Moçambique analisarem com alguma atenção o funcionamento do sistema de organização do sector, no sentido de torná-lo mais fluído e menos burocrático. 

“Não existe defesa competente com burocracia… mas sempre é necessário obedecer as hierarquias estabelecidas. Este processo nunca deverá ser levado a cabo perdendo de vista que o principal recurso é o capital humano, o homem. Por isso, instamo-nos a incluir nas discussões a necessidade de verificar a estrutura do pessoal e a conformação criteriosa com o perfil exigido para o seu recrutamento e instrução e formação”, afirmou.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo