Política

POPULAÇÃO ATERRORIZADA

A presença dos ex-guerrilheiros da Renamo em Gôndola e a sua circulação nas principais artérias da vila-sede está a inquietar a população local que pede a quem de direito para intervir no sentido 

de devolver o ambiente de tranquilidade e segurança pública.

Maria de Azevedo Justino, de 37 anos de idade, moradora da vila de Gôndola, manifestou o seu repúdio em relação a presença daqueles guerrilheiros da Renamo pois considera que tal situação nos recorda amargamente os tempos em que vivemos os horrores da guerra de desestabilização no país.    

Não é normal o que estamos a ver aqui. Estamos com medo. Não estamos habituados a ver tantos homens aglomerados. Eles estão ali desde quarta-feira da semana antepassada, sentados com as respectivas pastas debaixo das árvores e ás vezes passeiam-se pela Vila até alta hora da noite. disse Maria Justino.

Marques Pindula, pais de quatro filhos e residente na vila de Gôndola há 13 anos, foi também pelo mesmo diapasão e explicou que vive-se um clima de medo total Gôndola e, como se não bastasse, aqueles elementos quando entendem saem em grupinhos e vão as barracas beber álcool. Apesar de ainda não se ter se registado casos de violência, é uma situação que nos preocupa porque queremos a Paz e não a violência. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo