DestaquePolítica

Nyusi e Suluhu debatem paz e segurança

Moçambique e Tanzania trocaram, esta manhã, em Maputo, impressões sobre diversos temas das áreas económica política e social, mas com as atenções viradas para o desenvolvimento dos dois países, disse o Presidente da República, Filipe Nyusi no final de uma cimeira com a sua homóloga tanzaniana, Samia Suluhu Hassan.

“Falamos de democracia, boas práticas de governação, paz e estabilidade com o objectivo de criar o bem-estar dos nossos povos. No âmbito da paz, aproveitamos agradecer aos nossos irmãos da Tanzania por terem desempenhado um papel piloto para a nossa eleição a membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas e pala solidariedade e apoio que a Tanzania presta no combate ao terrorismo em Moçambique”, detalhou Filipe Nyusi.

A partilha de informação entre os dois países foi importante para conter a expansão do terrorismo no país, mesmo antes da chegada do contingente da da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), segundo o Presidente da República.

“Informámos que o inimigo está agora dividido em grupos pequenos e a tentar descer dos distritos do norte para o Sul. Informámos também sobre o impacto que as forças da SAMIM, em parceria com as FDS de Moçambique e do Ruanda, estão a ter no terreno. Tive também a oportunidade de partilhar a informação sobre a entrega (às autoridades moçambicanas) de muitas pessoas que estavam nas fileiras dos terroristas na província de Cabo Delgado”, frisou Nyusi.

A vista da Presidente Samia Suluhu a Moçambique surge em resposta ao convite formulado pelo Chefe do Estado moçambicano e enquadra-se no reforço e aprofundamento dos laços históricos de irmandade, solidariedade e de cooperação política, económica, social e cultural entre os dois países.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo