DestaquePolítica

NO CS DA ONU: Moçambique tem muita experiência por partilhar

Moçambique terá de fazer um grande investimento humano e financeiro para assegurar que o seu mandato de dois anos como membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) seja bem sucedido.

Esta é a convicção de algumas personalidades ouvidas pelo domingo, a menos de uma semana da votação que poderá confirmar a eleição do país a este órgão pela primeira vez na sua história.Leia mais…

TEXTO DE DOMINGOS NHAÚLE 

& MARIA DE LURDES COSSA

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo