DestaquePolítica

Intervenção sinérgica evita expansão do terrorismo

– Filipe Nyusi intervindo ontem na 35.ª Assembleia Geral Ordinária da União Africana

O Presidente da República, Filipe Nyusi, disse ontem em Adis Abeba, na Etiópia, que a intervenção sinérgica no combate ao terrorismo em Cabo Delgado está a conter a expansão das suas acções para outros países da região da África Austral.

Segundo o Chefe do Estado moçambicano, com o desdobramento dos contingentes das forças de defesa e segurança da República do Ruanda e da Força em Estado de alerta da SADC, ao lado dos moçambicanos, se está a combater com sucesso o terrorismo e extremismo violento em Cabo Delgado.

Filipe Nyusi, que partilhou esta informação com os Chefes de Estado e de Governo que participam desde ontem até hoje na 35.ª Assembleia Geral Ordinária da União Africana, detalhou que o terrorismo em Moçambique envolve cidadãos nacionais e estrangeiros e já causou a morte de mais de 2500 pessoas, além de 850 mil deslocados e destruição de infra-estruturas diversas.

O Chefe de Estado usou o pódio da União Africana para agradecer uma vez mais a ajuda prestada por “todos os países irmãos, uns com apoio directo, outros com equipamento e treinamento e outros com apoio humanitário nesta complexa tarefa de combater o terrorismo em Moçambique”. Leia mais…

ANTÓNIO MONDLHANE

 Em Adis Abeba

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo