DestaquePolítica

Explorar a relação natural entre Moçambique e Angola

O Presidente da República, Filipe Nyusi, considera ser crucial a interação profícua entre as instituições de ensino superior moçambicanas e angolanas, para alavancar as economias dos dois países e consequente melhorias das condições de vida dos respectivos povos. “Para tal, é preciso explorar a relação natural, forjada, durante a luta de libertação nacional”, destacou.

A afirmação do estadista moçambicano surge no quadro da realização, em Maputo, da Conferência Internacional alusiva às celebrações dos 60 Anos do Ensino Superior em Moçambique e Angola.

Para o Chefe do Estado, o que o angolano sabe, o moçambicano é proibido de não saber, pois não há motivos e nem são permitidos. “Vamos crescer juntos, como o fizemos em momentos históricos”, exortou Filipe Nyusi.

De referir que Moçambique dispõe de 56 estabelecimentos de Ensino Superior, dos quais 22 públicas e 34 privadas, contra um antes da proclamação da independência.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo