DestaquePolítica

Anchia Talapa descarta mais um mandato na OJM

A secretária-geral da Organização da Juventude Moçambicana (OJM), Anchia Talapa, diz que não se vai recandidatar. Talapa respondia a uma pergunta do domingo sobre a possibilidade de renovação do cargo.

Segundo explicou, se tivesse a idade exigida estatutariamente, entre os 15 e 35 anos, podia o fazer, “mas por questões estatutárias não o farei, até porque a OJM integra jovens dos 15 aos 35 anos. Tenho 36 anos e dentro de um mês completo 37 anos”.

Observou que na organização há muitos jovens com capacidades de assumir a liderança e em função disso, “e dos seus perfis sairá um secretário-geral à altura dos desafios actuais”.

Instada a comentar sobre a alegada necessidade da revisão dos estatutos, em sede da última sessão do Comité Central, para que a idade mínima para ser membro seja de 35 anos, Anchia Talapa explicou que em momento algum terá sido discutida esta matéria.

Acrescentou que não faria sentido aprovar uma directiva que entre em choque com a Constituição da República e o próprio estatuto da organização. Adiante, Talapa sublinhou que o assunto poderá ser discutido durante o II Congresso da OJM. Leia mais…

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo