Opinião

Patria Amada

Pátria amada, viva e altiva escultura africana sementada em terras verdes e formosas. 

Terra da Frelimo, de Mondlane, Samora , Chissano, Guebuza,Nyusi e de todos os heróis que pla pátria sucumbiram, e na bandeira imortalizados como expoentes de uma Nação em movimento; fontes de inspiração de um amanhã que pontifica, na herança do amor sem margem de uma juventude que se desprende ante sorriso aberto de milhões de crianças.Do Rovuma ao Maputo,terra da democracia em sinfonia com um Parlamento em harmonia pintada em cores multiparditadárias. Moçambique amor pátrio, voz corrente e do passado esgrimando candeias que não apagam, testemunhos do passado, presente futuro e o além futuro.

Cheiros que me habitam, vozes encantos que me perseguem, amor ardente e saudade dolorante; dor perene, pontiaguda e finalmente dilacerante, latejando amarguras de saudosismo plas ruas cinzentas da diáspora,… vai espalhando a mensagem de uma pátria que aos 35 anos , luz como diamante raro, deificado plos filhos ,… desejado, procurado idolatrado por milhões, que de lá ao longe, almejam plo murmurio das aguas quentes das nossas praias,pla grandeza do nosso sol, plo pacifismo das nossas gentes.
Apesar das tremuras nas milengas devido a endemias, a luta contra a pobreza , injustiça social economica e contra o anafabetismo continuam a ser a cartilha presente em todos quadrantes e prioridade dos que governam.
Pátria minha, terra de grandes riquezas, de vales rios e enseadas e Cahora Bassa:
Recheio de arrozais, desde o Chokue ao vale do Zambeze e Gaza; algodão, chá e tabaco em Namialo,Malema e Ribaue em Nampula, Niassa e a sua fruta madura, Inhambane terra do gaz natural,,minas de carvão de pedras preciosas e semi-preciosas que se espalham desde Tete a Cabo Delgado, Sofala e Manica a industrial Maputo.
Terra adornada de florestas com madeiras preciosas e fauna animal um Indico que não cansa de em ser um adorno de praias,e manancial de uma fauna maritima que não se esgota.
Moçambique pátria amada,.. serás sempre o herói das minha aventuras
Um rosto aberto sobre o mar, espelho do que ja fui e sou,
Um rio de interrogacões por onde ando e vou,
E sempre , mas sempre , um porto firme para os meus sonhos…
Inácio Natividade

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo