Opinião

O disco riscado dos extraparlamentares

O país vai realizar a 11 de Outubro de 2023 as sextas eleições autárquicas, mas os partidos políticos extraparlamentares continuam a reclamar dos mesmos aspectos, designadamente, a exigência de o Governo financiar a sua participação no escrutínio.

Semana finda, as reclamações voltaram à tona por ocasião da realização, em Maputo, de uma mesa-redonda subordinada ao tema “A Caminho das VI Eleições Autárquicas: Desafios e Caminhos para a Credibilização”, organizada pelo Instituto da Democracia Multipartidária (IMD).

Em vez de debaterem propostas para o melhoramento da sua prestação nas eleições, os líderes dos extraparlamentares dedicaram tempo a exigir que o Governo financie as despesas da sua participação para, alegadamente, concorrerem em pé de igualdade com os partidos com assento na Assembleia da República. Leia mais…

Por Domingos Nhaúle
domingos.nhaule@snoticicas.co.mz

Artigos Relacionados

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo