DestaqueOpinião

Cerimónia de veneração dos antepassados

Começo a colocar em dúvida a eficácia da cerimónia de veneração de antepassados, das poucas que já se fizeram em resultado dos acidentes de viação. Ou será que os nossos antepassados lá onde estão se cansaram de nós por mais que lhes demos vinho branco, uputsui, rapé e uma moeda de dez Meticais? Será que se fatigaram dos automobilistas desta terra que fazem ouvidos moucos e continuam a pisar fundo no acelerador?

Isto dá que pensar. Até parece que somos os únicos no mundo detentores de carros, autocarros e motorizadas. Os buracos nas nossas rodovias não justificam tudo.

O nosso parque automóvel comparado com o da vizinha África do Sul é anão. Então por que nos matamos e estropiamos tanto? Claro que na RAS e em outras partes do mundo os acidentes de viação também acontecem. Leia mais…

Por André Matola
andre.matola@snoticias.co.mz

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo