Nacional

ZÉ PIRES,DOS KAPA DÊCH: Músico e produtor autodidacta

Reconheceo talento a milhas de distância. Os vários anos que tem como músico e produtor deram-lhe tal mestria. Zé Pires, um dos integrantes da banda Kapa Dêch, já participou na produção de discos de artistas como Alexandre Langa, Félix Moya, Xidiminguana e Assa Matusse.

Actualmente, anda envolvido na produção do terceiro álbum do Kapa Dêch. A ideia deixa-lhe bastante excitado e ansioso, pois “este é o meu berço. A bandafez-me homem”.

Criado num ambiente em que não faltava música, era quase certo que Zé estaria ligado a esta arte. Aos nove anos de idade, movido pela curiosidade, aprendeu a tocar piano. Anos mais tarde, com Tony Django (falecido), e Rufus Maculuve, integra o grupo infantil Pétalas Amarelas, que existiu de 1987 a 1988.

Depois do Pétalas Amarelas criaram o Kaway K10, que, a partir de 1996, ganhou a designação Kapa Dêch e passou a ter mais outros integrantes. Banda de créditos firmados, tem dois álbuns: “Katchume”, 1998, e “Tsuketani”, 2001, o seu maior êxito.

A despeito de ter nascido num ambiente familiar onde a música tem um lugar de destaque e ter músicos dentro da família, Baba Harris, Astra Harris, Nelton Miranda e Papi Miranda, ninguém dizia a Zé para seguir nesta arte de forma séria.

Texto de Maria de lurdes Cossa
malu.cossa@snoticicas.co.mz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo