DestaqueNacional

Uso de máscara deixa de ser obrigatório

O uso de máscara facial em locais públicos deixa de ser obrigatório, exceto em hospitais, laboratórios clínicos, farmácias, casas de idosos e dentro de aeronaves comerciais.
A medida foi anunciada esta noite pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, ao se dirigir à nação, no âmbito das medidas de gestão e controlo da pandemia da COVID-19.
Entretanto, o uso da máscara continua a ser recomendado no interior de transporte de passageiros, por pessoas com sintomas de problemas respiratórios e em velórios e cerimónias fúnebres, sobretudo se o falecido tiver sido vítima de por COVID-19.
De igual modo, segundo o Chefe do Estado, deixa de haver limites do número de participantes em cerimónias fúnebres.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo