Nacional

TVM ganha equipamento digital

A Televisão de Moçambique (TVM) conta, desde a passada quinta-feira, com um novo equipamento de transmissão terrestre e via satélite, com o qual vai difundir e fortalecer a rede de distribuição do sinal de seus canais, nomeadamente, TVM1 e TVM2, o que cria condições para a migração de analógico para digital.

Trata-se de um Estúdio Móvel composto por dez câmaras de alta definição, uma unidade DSNG de captação de notícias e envio via satélite, que inclui duas câmaras wireless, um reboque e o respectivo gerador com capacidade de 70KVA, para alimentar as duas unidades. Possui ainda oito emissoras digitais de 1KW com os respectivos sistemas radiantes, cabos de instalação, contentor e restantes acessórios para seu correcto funcionamento.   

O equipamento foi oferecido pela Embaixada da China e resulta da assinatura de um memorando de entendimento entre esta e a TVM.

Esta oferta vem reforçar a capacidade daquela emissora de instalar equipamento digital em oito das dezasseis zonas fronteiriças definidas como prioritárias à migração, tendo em vista a mitigação dos efeitos do apagão analógico a ter lugar no dia 17 de Junho próximo.

Com o estúdio móvel de 10 câmaras digitais e de alta definição de imagem, a TVM e o país têm, pela primeira vez, a capacidade para produzir e transmitir eventos de grande dimensão com a qualidade de alta definição, sistemas de replay e outros modernos de produção desportiva.

Para conseguir tais equipamentos e fazer face às coberturas de grande dimensão, até agora a TVM recorria a parceiros como a SABC, na África do Sul, a RTP, em Portugal e a Televisão Pública de Angola (TPA).

Na ocasião da assinatura do memorando de entendimento, Jaime Cuambe, Presidente do Conselho de Administração (PCA) da TVM, afirmou que associado à nova capacidade de produção, junta-se uma DSNG que vai reforçar a capacidade daquela estação televisiva de intervir em directo em eventos importantes, mesmo em zonas remotas, com recurso às transmissões via satélite.        

“O memorando que assinamos prevê, igualmente, a formação de recursos humanos para melhor tirar rendimento das potencialidades dos meios modernos tecnológicos a serem oferecidos. Está prevista, para breve, a deslocação à China de seis técnicos da TVM e a vinda de dois engenheiros chineses que irão assessorar na utilização correcta das unidades”, disse Cuambe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo