Nacional

Trabalhares da Pepsi paralisam actividade

Cerca de duas centenas de trabalhadores de diferentes sectores da Fábrica de Refrigerantes da marca Pepsi, na Matola, província de Maputo, estão em greve desde a passada quinta-feira.

Os mesmos reivindicam, entre vários pontos, o reajuste do salário, melhoria das condições de trabalho e a falta de contratos de trabalho.

Para forçarem os patrões a solucionarem as suas reivindicações, os trabalhadores grevistas proíbem a entrada dos colegas que pretendem prosseguir com actividade laboral.

Segundo apurou o domingo, a empresa fez reajuste salarial no mês de Janeiro para cada trabalhador contrariando o anúncio do Governo que decidiu aumento por cada sector de actividade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo