DestaqueNacional

Réu diz que só Chang pode responder sobre garantia da MAM

O réu António Carlos do Rosário afirmou que cabe ao antigo ministro das Finanças, Manuel Chang, apresentar a razão que o levou a emitir uma garantia soberana para o contrato de financiamento para a MAM.

Refira-se que o Ministério Público Recordou que o pedido havia sido emitido pelo então director-geral do SISE, Gregório Leão, quando devia ter sido o réu na qualidade de presidente das empresas envolvidas no projecto de protecção da Zona Económica Exclusiva de Moçambique.

Segundo os autos, no caso da ProIndicus e da Ematum os pedidos para os contractos de financiamento foram feitos por António Carlos do Rosário e em relação à MAM pelo ministro das Finanças.

“Só o antigo ministro pode responder, por que razão o fez”, afirmou. 

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo