DestaqueNacional

Retoma audição a Armando Guebuza

Depois da interrupção da audição do declarante Armando Guebuza determinada pelo juiz Efigénio Baptista por motivos de segurança, a sessão de julgamento foi retomada há instantes e o antigo Presidente da República já está a responder a perguntas da assistente do Ministério Público, a Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM), na voz de Flávio Menete.  

Armando Guebuza afirma que a criação das empresas EMATUM e MAM visava responder adequadamente aos desafios que se colocavam na altura relativos às ameaças à integridade territorial.  

Disse ainda que o Presidente da República e Comandante-Chefe das Forças de Defesa e Segurança (FDS) não pode e não deve andar a tratar de todas as questões. “Foi por isso que preferi delegar”. 

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo