DestaqueNacional

Raufo Irá descreve empresas participadas pela GIPS

A representante do Ministério Publico, Ana Sheila Marrengula explicou há pouco que o declarante Raufo Irá comparece a esta audição na qualidade de colaborador da acção penal pelo que está a ser confrontado com matéria de prova relacionada com as empresas subscritores da GIPS.

É nesse contexto que Raufo Irá apontou as empresas Sociedade Moçambicana de Explosivos (SOMEX), Esquina de Sabores, Moline, que prestava serviços, limpeza, jardinagem, entre outros, a Moçambique Gateaway, Mood Mall (extinta e deu origem a SOMEX), Quilua, e muitas mais empresas.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo