Nacional

Pouca chuva muita inundação

Várias residências do bairro 25 de Junho “B”, Município de Maputo, encontram-se submersas desde o primeiro dia de Janeiro do presente ano, devido as chuvas que caíram 

naquele dia em diferentes pontos do país. A população pede as autoridades municipais para intervir o cenário que lhes preocupa desde as cheias do ano 2000.

 

Camas, fogões, congeladores, sofás, mesas, cadeiras, entre outros bens domésticos foram literalmente destruídas pelas chuvas que caíram durante a transição do ano, obrigando famílias inteiras a interromperem as festas para tentar salvar este e aquele móvel e alimentos.

Em muitos casos, conforme testemunhámos, parte do rancho mensal, com particular destaque para sacos de arroz e de farinha de milho foram atirados ao lixo por terem ficado submersos nas águas turvas que invadiram as residências.

A nossa Reportagem testemunhou “in loco” o desalento em que se encontram muitas famílias afectadas que permanecem há mais de cinco dias com vários bens submersos com todos os riscos que daí advêm, tendo em conta que muitas crianças aproveitam-se da concentração das águas para praticarem a natação.

Segundo ficamos a saber para evitar doenças as pessoas foram obrigadas a comprar botas para poderem transitar de uma margem para outra uma vez que na rua principal as águas atingem uma altura de meio metro.

Em conversa com os moradores do bairro ficamos a saber que este cenário prevalece desde o ano de 2000, dado que o sistema de drenagem ali construído encontra-se assoreado desde aquela altura, o que terá sido agravado pela construção dum armazém e de residências na rota das águas em direcção ao rio Mulaúze.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo