Nacional

Porta-voz da Renamo já está em liberdade

O Porta-voz da Renamo, António Muchanga, preso na manhã de ontem nas bombas de abastecimento de combustível da Matola-Rio, distrito de Boane, província de Maputo, foi restituído à liberdade, ainda ontem, por volta das 19:00 horas segundo a ordem de soltura da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Contactado telefonicamente pela nossa equipa de Reportagem, Orlando Mudumane, confirmou a soltura de António Muchanga e distanciou-se de qualquer pronunciamento em relação ao assunto.

O porta-voz da Renamo ficou detido por quase 12 horas, em Maputo, depois de ter sido recolhido pela Polícia da República de Moçambique (PRM), para a cadeia do Comando da Cidade de Maputo.

Idnórcio Muchanga

aly.muchanga@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo