DestaqueNacional

Palestra debate qualidade da Educação

A Universidade Pedagógica de Maputo (UP-Maputo) acolheu recentemente, no Campus de Lhanguene, uma palestra sobre a qualidade de educação e formação de professores, proferida pela ministra da Educação da Finlândia, Li Andersson que se encontrava a Moçambique  para robustecer as relações bilaterais na área de educação.

Li Anderssons apontou a inclusão no processo de ensino e aprendizagem como caminho para garantir melhor qualidade.

Instou ao governo moçambicano e a sociedade em geral a investir na Educação através da formação de professores engajados na causa educativa.

Presente no encontro, a ministra moçambicana da Educação e Desenvolvimento Humano, Carmelita Namashulua, disse na sua intervenção que participar da palestra sobre a qualidade de Educação e formação de professores agrega valores para o pelouro que dirige, pois, a Filandia é uma das referências mundiais em termos de padrões de qualidade de ensino.

Por seu turno, o reitor da Universidade Pedagógica de Maputo, Jorge Ferrão, disse que a Finlândia é um parceiro estratégico no sector da Educação.  

Em 2020, a UPMaputo assinou um memorando de entendimento com duas universidades finlandesas (Universidade de Ciências Aplicadas de JAMK e Universidade de Lapónia/Lapland) para melhorar a oferta do ensino superior nos dois países.

O memorando visa  a capacitação de professores do Ensino Superior para equilibrar a teoria e a prática na formação, pois, para Ferrão a Educação tem, historicamente, o desafio de responder às demandas que os contextos lhes colocam.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo