DestaqueNacional

OAM prescinde de declarante que ela mesma requereu 

A Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM) requereu a audição do declarante Taiob Cadango e na presença deste decidiu prescir, situação que fez o juiz comentar que a OAM “está a andar em contra-mão de si mesma. 

Trata-se de mais uma situação que revela a desarticulação que existe dentro da própria OAM, o que está a gerar situações de crispação com os demais intervenientes processuais.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo