DestaqueNacional

OAM exige escusa para declarante depor por ser advogado

A assistente do processo, a Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM), pretende que o declarante Fanuel Paunde não seja ouvido por supostamente não ter tomado conhecimento do despacho que recaiu sobre o requerimento  do declarante.

O declarante Fanuel Paunde foi advogado do réu Renato Matusse e, nessa condição, terá requerido escusa para não depor na qualidade de declarante por ser advogado.

O juiz Efigenio Baptista disse que a Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM) não pode dar ordens ao tribunal e também porque o declarante não vai ser interrogado pelos factos de que tomou conhecimento como advogado.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo