Nacional

O que custa Muchanga estar quieto!-advogada do porta-voz de Afonso Dhlakama

Alice Mabota, advogada de António Muchanga, porta-voz do líder da Renamo, disse ontem em Maputo, quando reagia à detenção do seu constituinte, que aconselhou Muchanga a estar calado até tomar posse do cargo de Deputado da Assembleia da República.

O que é que custou ao Muchanga obedecer, como está a obedecer o Malagueta. Estar quieto até tomar posse como deputado e estar coberto de imunidade? – questionou Alice Mabote.

Segundo Alice Mabota, que falava numa estação televisiva da praça, o seu constituinte foi detido “sem mandato de busca e captura e se a tinham, então a Polícia tinha-o no bolso”.

Quando Muchanga saiu da cadeia, eu adverti-o muito sobre este aspecto, de que é preciso tomar muito cuidado com todas as palavras, com todos os procedimentos, com toda a maneira de andar, porque saía da prisão sob condição”, disse Mabote.

Mabota afirma que, pela informação que tem, a imunidade do conselheiro de Estado não foi restituída, salvo se esta tiver sido efectuada através de uma carta e que não tenha sido informada. Reiterou que, em Direito, se um cidadão é detido e condenado, ou não, por um crime, não pode voltar a cometer o mesmo crime.

Idnórcio Muchanga

aly.muchanga@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo